segunda-feira, 9 de novembro de 2015

FENATRAN 2015, saiba tudo sobre o evento

Para quem não sabe, a FENATRAN é um evento voltado para os setores de transporte rodoviário de carga de toda a América Latina, além de promover o conhecimento e o teste de soluções, esta feira trata de tomadas de decisões em assuntos como renovação de frota, implementos e outro serviços.


Este ano, a feira acontece no pavilhão de exposições do Anhembi, na Av. Olavo Fontoura, 1.209 – Santana, São Paulo - SP, de 09 à 13 de novembro das 13h às 21h.

A FENATRAN 2015 vai reunir em sua feira, grandes representantes do setor de veículos pesados lançando ou fazendo demonstrações de seus produtos e serviços, é o espaço ideal para quem se interessa em fechar negócios.

O acesso ao evento é gratuito para os profissionais pré-credenciados e para os profissionais do setor que não tiverem feito seu pré credenciamento on-line será cobrada a entrada o balcão de atendimento.


Aproveite o evento!

Fonte: Fenatran e Anhembi

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Jeep Renegade o carro mais seguro fabricado no Brasil.

O instituto Latin NCAP, que avalia a segurança dos veículos vendidos na América Latina e Caribe, fez uma série de testes no Jeep Renegade e o considerou o carro mais seguro fabricado no Brasil.

O carro alcançou a qualificação máxima 2 vezes seguidas em relação a alguns padrões de segurança como proteção para adultos e crianças, isso significa 5 estrelas. Nos testes, os airbags frontais e os cintos de segurança do veículo promoveram uma melhor segurança na hora do impacto provocado pelas colisões para todos os ocupantes do veículo.


A Trico, empresa latino-americana contribuiu para este feito com o fornecimento de alguns itens de segurança fundamentais para qualquer veículo, os sistemas de limpadores de para-brisas dianteiros e traseiros.


terça-feira, 27 de outubro de 2015

Novidades Hipper Freios

A Hipper Freios tem algumas novidades em seu portifólio e a Pont com distribuidora separou algumas para você dar uma olhada. Veja abaixo:





segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Líderes perdem participação no mercado, mas continuam no topo do ranking

A crise vem afetando as grandes marcas e envolvendo-as em perdas de mercado. Três, das maiores montadoras vem perdendo grande parte de sua participação no mercado brasileiro, mas ainda assim estão bem colocadas no ranking geral.


Somando os emplacamentos de carros leves entre janeiro e setembro, a Fiat, General Motors e Volkswagen perderam juntas 7,82 pontos percentuais no Market Share, se comparado ao mesmo período do ano passado, seu domínio baixou de 56,6% para 48.6% dentro de apenas um ano. Das dez marcas mais comercializadas no Brasil, somente a Honda obteve algum registro de crescimento.  

Mesmo com a baixa em seus números, a Fiat continua na liderança do mercado de carros leves. Por não renovar seus produtos, perder uma parcela do mercado acabou sendo inevitável. Em nove meses, suas vendas recuaram cerca de 33,6% em comparação ao ano passado.

A GM ainda se mantêm na segunda posição do ranking, das três grandes montadoras, ela foi a que menos perdeu, mas ainda assim, foi uma grande perda 30,8%.

A Volkswagen teve uma queda de 33%, foi a segunda maior queda entra as dez marcas mais procuradas pelo consumidor brasileiro.

Veja o Ranking abaixo:
Fonte: Automotive Business


segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Brasil e Colômbia fecham acordo para comércio de veículos

O Brasil e a Colômbia fecharam um acordo para aumentar tanto o comércio quanto os investimentos no setor automotivo entre os dois países, mas no que isso afeta a indústria automotiva?


A medida estipula que o imposto de importação para carros leves não vai ser cobrado nas futuras transações entre os países. Esta medida visa aumentar o comércio e o investimento no setor entre os dois países, reduzindo ao menos um pouco o impacto que a crise no setor automotivo está causando.

Esta medida vai funcionar por 8 anos, mas pode ser prorrogada. Em seu primeiro ano de atuação a cota disponível para estas condições de negociação será de 12mil unidades de veículos leves, no segundo ano este número sobe para 25mil e do terceiro em diante, para 50 mil unidades.

Á partir do ano que vem devem-se ter novas negociações envolvendo caminhões e ônibus.

O acordo foi assinado pela presidente Dilma Rousseff e pelo presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos. A presidente disse em discurso que: "O memorando de entendimento sobre o setor automotivo que foi assinado vai desenvolver a indústria automobilística e os setores associados", já o presidente da Colômbia disse que o acordo vai facilitar exportações da indústria automotiva dos dois países contribuindo para a geração de empregos e aumentando o intercâmbio comercial.

Fonte: G1

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Total fecha parceria com Tata Motors

Total, a maior empresa do mundo no setor de gás e petróleo, firmou parceria com a maior empresa indiana no ramo automobilístico, a Tata Motors. As duas empresas assinaram um acordo global para a prestação de aftermarket (Serviços de reposição).


Com esse acordo, a Total vai poder fornecer seus lubrificantes de auto desempenho nos pontos de venda da Tata Motors em mercados internacionais.

O diretor global para Atendimento ao Cliente e Veículos Comerciais da Tata Motors, Sanjeev Garg comentou sobre o assunto “Por meio da nossa parceria com a Total, nós, da Tata Motors, assumimos o compromisso de fornecer lubrificantes da mais alta qualidade, desenvolvidos especialmente para a 
Tata Motors Commercial Vehicles. Isso irá contribuir para uma melhor performance dos veículos dos nossos consumidores, bem como para reduzir os custos gerais de operação”

O VP de Lubrificantes da Total, Phillip Charleuxacredita na força das duas marcas juntas e do resultado que isso pode trazer para as duas empresas e para o consumidor.  “Esse acontecimento ilustra nosso compromisso com o crescimento sustentável no mercado global e com o desenvolvimento de produtos e serviços, de reconhecimento mundial, para melhor satisfazer as expectativas dos nossos clientes”, afirma.


Fonte: Truck Brasil


quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Taranto lança novo catálogo eletrônico

A empresa Taranto, fundada em 1980, desenvolve produtos como: Juntas de cabeçote, de coletor de admissão e escape, de cárter de óleo, de tampa de válvulas, etc e é referência no Brasil, onde atua desde 98, lançou um novo catálogo online para seus clientes que estão na internet.


A nova versão do catálogo  tem como principais melhorias em suas funções o acesso rápido e fácil que agiliza o acesso aos produtos da marca.

O lançamento do novo catálogo aconteceu na Autonor 2015, em Recife. O novo formato está em destaque no site da empresa e chama a atenção pela facilidade nas buscas, a pesquisa de peças passou a ser muito mais fácil.

“Fizemos uma intensa pesquisa de campo com reparadores de todo o Brasil e percebemos que oferecer praticidade na busca de peças e nos pedidos é uma vantagem. Quem investe em serviço com qualidade ganha a confiança do cliente. É isso que buscamos com as modernizações do catálogo”, afirma Débora Prezotto, coordenadora de marketing da marca.

Está curioso para saber como o novo catálogo funciona? Acesse o link: http://goo.gl/YwBgqc  e faça sua busca.

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

O papel dos seminovos no setor automotivo

É bem verdade que o setor e a indústria automotiva estão enfrentando um grande período de crise. Baixas no número de funcionários, greves, recessão, baixo grau de demanda e venda são coisas que não saem da cabeça dos representantes das grandes montadoras presentes no Brasil e que já estiveram em uma situação bem melhor.


As compras e financiamento dos automóveis foram diminuindo, as concessionárias e lojistas apelam para promoções, brindes e facilitação de pagamento, mas o mercado não melhora para os veículos novos. Já os seminovos, estão tomando seu posto na economia automotiva é o que mostrou a ultima ExpoFenabrave que trouxe algumas novidades para o setor.

“O perfil de consumo mudou muito nos últimos seis meses. A venda de veículos usados, que antes representava aproximadamente 50% do mercado, hoje é de mais de 80%. Com a queda na venda de carros novos, as concessionarias passaram a encontrar dificuldades de recompor o estoque de usados. 

Nós identificamos que havia ai uma oportunidade de negócio e criamos uma ferramenta que antecipa este processo” explica Sylvio Barros, CEO do Giro iCarros, ferramenta do site de classificados do Itaú apresentada durante a ExpoFENABRAVE deste ano.

Com a ferramenta iCarros as lojas cadastram qual perfil ou modelo de veículo elas procuram e o Giro iCarros traz as ofertas de pessoas físicas que já avaliaram seus veículos na plataforma digital (média de 600 mil avaliações por mês), ainda não os colocaram a venda, mas indicaram que estão dispostos a receber ofertas de revendedores.


Fonte: TruckBrasil

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Volkswagen se envolve em escândalo e coloca sua reputação em risco

Uma grande fraude tornou-se o principal assunto a ser comentado pelo setor automotivo e industrial na última semana. Uma das maiores empresas do setor, a Volkswagen admitiu ter fraudado mais de 11 milhões de veículos.


A empresa alemã, admitiu ter usado um software para fraudar testes que detectavam a emissão de gases poluentes em seus veículos movidos à diesel, o assunto veio à tona através do governo dos Estados Unidos, que, por meio da EPA (Agência Ambiental Americana) denunciou que pelo menos 500 mil veículos haviam sido fraudados no país. A própria empresa, no entanto, admitiu que o software havia sido implantado em 11 milhões de carros que circulam no mundo todo, em modelos de várias marcas que pertencem ao grupo.

O reflexo deste acontecimento vai além da renúncia do até então presidente mundial da Volks, Martin Winterkorn, que aconteceu no dia 23 deste mês e da queda de quase 20% no valor das ações da empresa no pregão da bolsa de valores do dia 21/09. O que está em jogo pode mudar a realidade de uma empresa que era vista com bons olhos por muitos consumidores, a marca passa a ser a principal prejudicada.

A reputação de uma empresa é algo que demora muito a ser construída, existe muito trabalho de comunicação, marketing e valores que a empresa quer passar para o seu consumidor, porém, qualquer má pratica pode colocar todo este trabalho em risco e manchar a reputação de uma empresa por muito tempo ou quem sabe, para sempre.

O que fica desta experiência para a montadora alemã é o prejuízo de mais de 6 bilhões no reparo dos automóveis fraudados, uma reputação manchada, a queda nas ações, a renúncia do presidente e a vergonha de agir contra uma causa de importância mundial como é considerada o controle da emissão dos gases poluentes.

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

O jeito certo de armazenar autopeças no estoque

É muito importante ter um estoque bem organizado, com bastantes peças para que não falte nenhuma ao cliente, mas, é ainda mais importante que essas peças estejam armazenadas de forma correta. Não adianta nada ter a peça disponível se a mesma não estiver boa para ser utilizada.

Fora as recomendações de armazenagem feitas pelos fabricantes, existem outras formas de evitar que seu estoque de produtos seja danificado.

Organize o espaço
É muito bom ter um espaço adequado para gradar as peças, mas isso não é tudo. Você pode estar aproveitando pouco desse espaço, aprenda a otimiza-lo para facilitar o trabalho de quem manuseia esses produtos. Não apenas as prateleiras, mas os corredores de um estoque também devem ser bem pensados levando em consideração a facilidade de locomoção e transporte de produtos grandes ou pesados.

Identifique seu estoque
Já imaginou ficar perdido em seu próprio estoque? Mas isso acontece, principalmente quando este estoque é grande. Vale a pena investir mais em sinalização do espaço e em uma divisão de categoria de produtos. Isso ajuda a tornar a busca por um determinado produto mais prática, ágil e fácil. Economize tempo. 

Identifique suas peças
Para facilitar o controle de armazenamento e quantidade de peças em estoque é importante que um produto tenha alguns requisitos em seu cadastro: código, locação, quantidade, vencimento, etc...

Economize espaço
Um exemplo de economia de espaço: Armazene peças de carroceria penduradas ou separadas com divisórias verticalmente. A verticalização do estoque evita o desperdício de espaço, facilita a remoção das peças e diminui o risco de quedas.

Com essas dicas já fica muito mais fácil organizar o estoque e armazenamento de suas autopeças em sua loja, mas se você estiver com algum produto em falta neste estoque, fique a vontade para visitar nosso catálogo CLICANDO AQUI.

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Hipper Freios lança aplicativo para celular


Uma das maiores fabricantes de disco de freios, a Hipper Freios, lançou um aplicativo para celular visando oferecer à rede de distribuição soluções que facilitem sua rotina.

A ideia do aplicativo desenvolvido pela Hipper e disponível para Android e IOS era levar de forma rápida e prática, as informações dos produtos para os aplicadores. Surgindo assim o aplicativo para base móvel do catálogo da Hipper Freios.


Após instalado, o aplicativo não exige internet para que a consulta seja feita, podendo ser também no offline

O APP já está disponível para download no Google Play e AppStore.

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Transferência de veículos usados será simplificada


O RENAVE (Registro Nacional de Veículos em Estoque) com o objetivo de simplificar a venda de carros e garantir a segurança tanto de quem vende quando de quem compra o carro, vai acabar com o livro físico de registro e passará a fazer tudo eletronicamente registrando as entradas e saídas dos veículos em lojas ou revendas de usados direto em um sistema eletrônico. Este módulo deve estar disponível para utilização já me 2016 e estima-se que ele gere uma economia de R$ 6 bilhões para as empresas do ramo.

O lançamento aconteceu na semana passa em um evento promovido pelas principais associações do ramo automotivo como a ABAC, ANFAVEA, FENABRAVE e FENAUTO.
Para Gilberto Kassab, ex prefeito da cidade de São Paulo e atual ministro, um banco de dados virtual irá facilitar o acesso para todos os interessados além e combater a burocracia envolvida no processo. “Estamos eliminando os registros físicos e partindo para um registro único, eletrônico e que passa a ser feito no ato da venda. Além da facilidade, o sistema garante a segurança de quem está vendendo e das operações da empresa que está adquirindo o veículo”.

O RENAVE tem como principais funções o registro eletrônico do estoque das vendas, comunicado eletrônico da venda do automóvel, elimina a necessidade de se transferir a documentação do veículo para a revenda e garante ao ex dono do veículo que ele não será responsabilizado por multas ou ocorrências posteriores a entrega do veículo a revendedora.

Fonte: Truck Brasil

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Simulador de direção volta a ser obrigatório


O Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) publicou uma nova resolução que retorna com a obrigatoriedade do uso de simuladores de direção no processo de retirada de habilitação nas autoescolas.


As autoescolas têm até o dia 31 de dezembro deste ano para se adequarem a nova determinação do CONTRAN, inicialmente será exigido o uso do simulador apenas na retirada da habilitação de categoria B e posteriormente de categoria A.

A resolução de número 543/15 torna obrigatório ao menos 5 horas/aulas (1h, em período noturno), de prática no simulador aos alunos que vão tirar a primeira CNH ou apenas mudar de categoria. É importante dizer que essas aulas deverão ser feitas após o curso teórico e antes do início das aulas práticas de rua.

De acordo com o CONTRAN, a solicitação da volta dos simuladores partiu dos DETRAN’S de todo o país.

Fonte: Portal do Trânsito

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Carros antigos aumentam o risco de mortes em acidentes


Não é incomum vermos carros em más condições na cidade. Muitos, tem os pneus carecas, problemas nas setas ou faróis e freios desgastado. Esses fatores juntamente com a idade avançada de um veículo podem contribuir para o aumento do risco de morte em acidentes, uma vez que a manutenção deficiente deste veículo coloca em risco não só a vida do condutor, mas de pedestres e outros motoristas.


Para prevenir o acontecimento de acidentes é necessário cuidado e educação no trânsito aliados à manutenção preventiva e recomendações feitas pelos fabricantes, que especificam as melhores datas e prazos de quilometragem para a troca de algumas peças por exemplo.

Para veículos que não possuem manual, no caso daqueles mais antigos, é válido estabelecer um cronograma próprio de manutenção periódica.

De acordo com um relatório da Sindipeças, chamado Relatório de Frota Circulante, a idade média da frota circulante no Brasil voltou a subir, agora é de 8 anos e 8 meses, entre os automóveis, 41% tem menos de 5 anos de idade, 41% tem entre 6 e 15 anos e os 4% restantes tem mais de 20 anos.

Alguns estudos sobre acidentes incidam que o risco de morrer ou sofrer lesões mais graves aumenta de acordo com a idade do veículo, se comparado com os carros de até 4 anos, o risco de morrer checa a ser 1,6 vezes maior em automóveis que tenha de 10 a 14 anos e 2,2 vezes em autos que tem mais de 15 anos de idade. Por isso, a manutenção adequada de todos os itens de segurança e peças do carro é tão importante para assegurar o mais do que o bom funcionamento, mas também a segurança.



Fonte: Portal do Trânsito

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

10 carros com conserto mais barato

Em tempos de crise, na hora de se comprar um carro muita coisa é avaliada. Preço, promoções, ano, quilometragem, etc. Separamos aqui, mais um critério para você usar como parâmetro na hora de comprar o seu auto, os carros mais baratos em termos de concerto. Os dados são do Centro de 
Experimentação e Segurança Viária (Cesvi) que divulgou este ano o Índice Car Group, que mostra justamente a facilidade e o custo de reparos relacionados à estrutura do carro. Veja a segui uma lista com 10 modelos.

O índice varia de 10 a 60, quanto menor for a pontuação, maior a facilidade e menor o custo de reparo do veículo avaliado.

1 VW Up! I-Motion
Índice Car Group: 11
Categoria: Hatch Compacto
Colocação na Categoria: 1º Lugar
Modelos testados na mesma categoria: 11

2 Citröen Novo C3
Índice Car Group: 16
Categoria: Hatch Compacto
Colocação na Categoria: 2º Lugar
Modelos testados na mesma categoria: 11

3 VW Novo Fox BlueMotion
Índice Car Group: 17
Categoria: Hatch Compacto
Colocação na Categoria: 3º Lugar
Modelos testados na mesma categoria: 11

4  Peugeot 208 Active
Índice Car Group: 20
Categoria: Hatch Compacto
Colocação na Categoria: 4º Lugar
Modelos testados na mesma categoria: 11

5 Etios XS 1.5L
Índice Car Group: 21
Categoria: Hatch Compacto
Colocação na Categoria: 5º Lugar
Modelos testados na mesma categoria: 11

6 Gol City (Trend) 1.0 Mi Total Flex 8v 2p
Índice Car Group: 21
Categoria: Hatch Compacto
Colocação na Categoria: 5º Lugar
Modelos testados na mesma categoria: 11

7 VW Cross up!
Índice Car Group: 10
Categoria: Hatch Compacto Off-Road
Colocação na Categoria: 1º Lugar
Modelos testados na mesma categoria: 1

8 Toyota Etios Sedã
Índice Car Group: 17
Categoria: Sedan Compacto
Colocação na Categoria: 1º Lugar
Modelos testados na mesma categoria: 7

9 VW Polo
Índice Car Group: 18
Categoria: Sedan Compacto
Colocação na Categoria: 2º Lugar
Modelos testados na mesma categoria: 7

10 Chevrolet Prisma Advantage 2015
Índice Car Group: 22
Categoria: Sedan Compacto
Colocação na Categoria: 3º Lugar
Modelos testados na mesma categoria: 7


Fonte: Exame

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Aditivos de combustível, óleo e radiador. O que são e para que servem?


O que são?
Aditivos são uma composição de detergente (hidrocarbonetos específicos para limpeza e não os detergentes de cozinha) com dispersante feita por fabricantes ou distribuidores.

Para que servem?
Existem vários tipos de Aditivos, vamos tratar de todos de uma forma separada.

Aditivos para Combustível:
Os aditivos para combustível atuam na limpeza do motor. Segundo a empresa Bardahl, fabricante de aditivos, o produto atua diretamente na prevenção de sujeiras decorrentes da queima de combustível, as sujeiras são comuns a todos os tipos de motores e combustível mas são piores quando há o uso de gasolinas de má qualidade.

Aditivos para Óleo:
Atua na redução do atrito que é provocado pelas peças do carro e ainda aumenta a resistência à oxidação e corrosão. O uso de adotivos nos óleos não prolonga sua vida útil e sua troca deve ser feita periodicamente.

Aditivo para Radiador:
Atua como antioxidante e antifervura, mas não deve-se utilizar qualquer aditivo em seu veículo. É importante observar as especificações do proprietário já que o uso inadequado pode provocar danos muito sérios ao veículo.

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Emplacamento de veículos cresce em Julho, mas isso não ajuda a superar a crise. Saiba Porquê.

Mesmo com um crescimento de 6,9 % no número de emplacamentos no mês de Julho, a crise continua grande no setor automotivo.


O que vemos desde o começo do ano, são lojistas, grandes concessionárias e bancos facilitando e incentivando a compra de veículos para amenizar a crise e se livrar dos estoques de veículos no pátio. O aumento de 6,9% no emplacamento de veículos no mês de julho, pode ser resultado destas e de outras ações que vem sendo tomadas dentro do setor automotivo como um todo.

Este número, porém, não traz muita esperança para quem vive do setor automotivo. Greves, demissões e férias coletivas continuam acontecendo. Os veículos se acumulam no pátio e a produção caiu drasticamente por não haver demanda o suficiente.

O aumento foi bom? Sim, claro. Mas não é o suficiente já que no acumulado do ano a queda foi de 17,87% sobre 2014, isso significa que foram emplacadas 2.405.467 unidades de janeiro a julho/2015, contra 2.928.868 no mesmo período de 2014.

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Total lança óleo lubrificante 100% sintético para motores a Gás e a Diesel.

A quarta maior companhia priva de engenharia do mundo, lançou seu primeiro óleo lubrificante que é 100% sintético para motores movidos à Gás e a Diesel. Este óleo se chama Rubia TIR 8900 10w40 e conta com a tecnologia Low SAPS, de alto desempenho. Esta tecnologia apresenta uma taxa muito baixa de enxofre, cinzas e fósforo.

Este novo lubrificante foi submetido à uma série de testes e auditorias para atender a todas as especificações técnicas.O Rubia TIR 8900 10w40 é indicado principalmente para os motores Euro 5 e anteriores equipados com Filtros de Partículas Diesel (DPF), bem como para motores Euro 5 anteriores equipados com Redução Catalítica Seletiva (SCR), quando for recomendado pelos fabricantes.

O óleo da Total já está disponível no mercado em versões Bombona 20L e de Tambor 200L.

Fonte: Truck Basil

Para ter acesso ao nosso catálogo com produtos Total e muito mais, Clique Aqui

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Novos limites de velocidade nas marginais

As marginais mais movimentadas de São Paulo têm agora seu limite de velocidade reduzidas.

Limites de velocidade menores e radares por todos os lados não são mais notícias incomuns em São Paulo, muito pelo contrário. Recentemente a instalação de radares vem aumentando, bem como as multas. Já a diminuição do limite de velocidade nas marginais tem o intuito de diminuir os números de acidentes com vítimas.

Os corredores da marginal Pinheiros e Tietê têm limitada a velocidade nas pistas expressas de 90 km/h para 70 km/h (carros leves), de 70 km/h para 60 km/h (carros pesados) na pista central de 70 km/h para 60 k/h válida para todos os tipos de veículos e na pista local de 70 km/h foi para 50 km/h. Os novos limites foram impostos pela CET (Companhia de Engenharia e Tráfego) e já estão valendo. A multa para quem não respeitar os novos limites pode chegar à R$ 574,62 e mais sete pontos na carteira.

Antes das marginais, os limites de velocidade já foram alterados em mais algumas vias de grande movimento em São Paulo, tais como: avenidas Brasil, Nove de Julho, Faria Lima e Rebouças, a previsão é de que mais mudanças ocorram.

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Minhocão fechado aos Sábados e Domingos, veja algumas alternativas

A prefeitura de São Paulo apresentou recentemente um projeto que propunha fechar o Minhocão para os carros não apenas no domingo, mas no sábado também.

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) realizou dois testes para avaliar o impacto do fechamento do minhocão no trânsito da redondeza e constatou que é possível sim o fechamento do Elevado Costa e Silva, definindo alguns trajetos alternativos para minimizar o trânsito e o transtorno.

As alternativas definidas pela CET são as seguintes: Para quem vai de Leste para Oeste será necessário prosseguir pela Praça Roosevelt, Rua Amaral Gurgel, Largo do Arouche e Avenidas Duque de Caxias, São João, General Olimpio da Silveira e Matarazzo. Para quem vai de Oeste para Leste as alternativas são a Avenida General Olimpio da Silveira e Rua das Palmeiras, Sebastião, Pereira, Amaral Gurgel e Praça Roosevelt.

O minhocão será fechado para os carros ás 15h dos sábados e aberto ao público que passa a ter mais uma alternativa de espaço para lazer. Os veículos só poderão voltar a utilizar a área na segunda-feira à partir das 6h30 da manhã.

segunda-feira, 6 de julho de 2015

5 vantagens de um farol com LED

Para quem não sabe, a tecnologia embutida nas lâmpadas LED tem como base um componente eletrônico que de diodo, que emite luz através da corrente elétrica. As principais vantagens dos faróis com LED são:


1 Maior Durabilidade
Por não ser baseado no aquecimento do filamento, não há o processo de aquecimento e esfriamento constante do material o que gera maior durabilidade. Em termos de comparação, uma lâmpada incandescente dura em média mil horas e a de LED dura 5 mil horas.

2 Resistência
LED é uma luz fria e por isso, não é preciso utilizar o bulbo de vidro, que quebra facilmente com pancadas ou trepidações.

3 Potência e Definição
A tecnologia desta lâmpada emite luz branca que é mais definida e potente.

4 Nitidez ao condutor
Por ser uma luz que se propaga mais rápido, o LED permite ver os objetos com nitidez e definição maiores do que quando utilizado lâmpadas incandescentes.

5 Menor consumo de energia
Consome menos energia que as lâmpadas incandescentes, exemplo: uma lâmpada de LED de 80 Watz ilumina melhor que uma de 130 Watz incandescente.

Fonte: MotorClube


segunda-feira, 29 de junho de 2015

Sete anos de Lei Seca, veja alguns números de sua atuação

A Lei 11.705, instituída em 2008 e conhecida como Lei Seca, completa este mês 7 anos em vigor.

A Lei Seca foi criada com o intuito de promover a redução de acidentes provocados por motoristas alcoolizados. Em 2012 a mesma lei passou por algumas alterações e teve alguns aspectos endurecidos, como o aumento da multa, que foi de R$ 957,69 para R$ 1.915,38 e mais possibilidades de comprovar o teor alcoólico presente nos motoristas com o uso do bafômetro e exames de sangue.

Segundo o Ministério da Saúde, em 7 anos de Lei Seca, houve uma diminuição de 45% na frequência de adultos que dirigem após ingerir bebidas alcoólicas (dados da pesquisa Vigitel). Muitas pessoas julgam o alto rigor da lei, mas a maioria apoia devido aos números positivos apresentados nas cidades onde ela atua. De acordo com uma matéria do G1, no Distrito Federal, a Lei Seca ajudou a reduzir em 20,8% o número de mortes causadas por motoristas alcoolizados segundo dados do Detran. 

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Troca do extintor é adiada pela terceira vez. Descubra porquê.

Na quarta-feira (17) o Ministério das Cidades anunciou a prorrogação do prazo de obrigatoriedade do extintor veicular ABC para o dia 1º de outubro. O principal motivo foi o mesmo que gerou a prorrogação do prazo nas outras 2 vezes, a falta do mesmo no mercado.

O primeiro adiamento ocorreu no começo do ano, quando a multa para quem não tivesse efetuado a troca começaria a ser aplicada em 1º de janeiro, o que provocou uma corrida em busca dos extintores, mas nem todos conseguiram encontra-los. Por isso, no dia 7 do mesmo mês, a troca foi adiada para o dia 1º de abril, e em março, uma segunda resolução estendeu a troca para 1º de julho.

Assim que a lei entrar definitivamente em vigor, a fiscalização deverá punir a falta do extintor com multa de R$ 127,69 e 5 pontos na carteira.

Fonte: G1




segunda-feira, 15 de junho de 2015

União para amenizar a queda

Salão Auto Caixa pretende financiar a venda de 33 mil veículos


Associações e entidades como a Anfavea, associação que representa as montadoras, Fenabrave, que representa os distribuidores de veículos, Caixa Econômica Federal e o Banco Pan, firmaram um acordo para o 8º Salão Auto Caixa onde serão oferecidas condições especiais de financiamento. O evento acontece de 18 a 20 de junho, mas o prazo para o financiamento, vai do dia 15 a 03 de julho.

Com essa parceria espera-se que sejam vendidos pelo menos 33 mil automóveis, amenizando a crise que vem afetando o setor. A expectativa é que se gere R$ 1 bilhão em negócios, durante a feira, segundo cálculo da Anfavea, sendo que deste total, o Banco PAN estima que 80% dos contratos sejam de vendas de veículos novos e 20% de usados.

Fonte: Automotive Business

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Como funciona a nova lei para compra e venda de veículos?


   A nova lei 13.111 que entrou em vigor no mês passado estabelece em seu contexto, novas regras para compra e venda de veículos, sejam eles novos ou usados. Ficou estabelecido que todas as lojas ou concessionárias estarão obrigadas a disponibilizar uma ficha completa do veículo, contendo informações até sobre ocorrências de furtos, multas, dividas e financiamento.

 O contrato de compra e venda deve informar também, o valor de impostos que incidem sobre o veículo. Caso o negócio seja realizado entre pessoas físicas, não será necessário apresentar estas informações.

  Vale lembrar também que a loja deve arcar com custos e tributos eventuais como multas e taxas até o momento de aquisição do veículo e se depois da compra for constatado que o veículo é roubado, o vendedor deverá restituir o comprador no valor integral que foi pago pelo veículo.

Fonte: Quatro Rodas

segunda-feira, 1 de junho de 2015

10 carros classificação A em consumo de gasolina vendidos no Brasil


         Todos os anos o INMETRO divulga um ranking contendo uma tabela na qual consta a classificação de desempenho de cada carro em diversos segmentos. Neste teste foram avaliados 583 modelos de 36 montadoras diferentes. Usando esta tabela, preparamos uma lista com 10 carros classificados como "A" em consumo de gasolina que são comercializados no Brasil. 
Lembramos que a participação das montadoras no teste é voluntária e a Chevrolet não quis participar. Confira abaixo alguns carros da lista:

Para ver as lista completa do INMETRO, clique aqui


segunda-feira, 25 de maio de 2015

41,5 Milhões, este é o número de veículos no Brasil


O Brasil registrou um crescimento de 3,7% em sua frota de veículos em circulação, atingindo um número de 41,5 milhões de automóveis em 2014. Esses dados foram relacionados por uma pesquisa realizada pela Sindipeças (do Sindicato Nacional de Componentes para Veículos Automotores). Esta pesquisa aponta ainda que a idade média dos veículos subiu 2 meses, agora é de 8 anos e 8 meses, esse número é um indicativo que mostra que a frota atual de carros recebeu um número menor de carros novos, e isto é ruim em termos de revenda e poluição.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Venda de veículos cai em 2015


As vendas de picapes, furgões, caminhões e ônibus tiveram queda este ano se comparado com o mesmo período do ano passado, informa a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), esta queda chegou à 25,19%. Em Abril deste ano foram vendidos 219.350 veículos e no ano passado foram 293.229.

A crise está atingindo gravemente o setor automotivo, muitas montadoras entraram ou ainda estão em greve e muitos funcionários foram demitidos. Segundo o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção, nos últimos 4 meses, cerca de 250 concessionarias já foram fechadas, representando 12 mil demissões. Atualmente há 8 mil concessionarias em funcionamento.

Analisando o desempenho dos 4 primeiros meses de 2015 a Fenabrave fez uma prospecção de como serão os próximos meses do ano. Os automóveis comerciais leves, caminhões e ônibus deverão chegar a 2,83 milhões de unidades (em 2014 foram 3,49 milhões) e para as motos existe uma previsão de 1,3 milhão de motos vendidas, uma baixa de 9%.

Fonte: G1

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Desempenho global no setor automotivo

O Brasil cai para a 6ª posição no ranking de desempenho global no setor automotivo.

A JATO Dynamics do Brasil, que é líder no fornecimento de informações que envolvam o setor automotivo, divulgou um release com números e dados das vendas dos veículos que são comercializados mundialmente.

 Como esperado, a China começou o ano na liderança de mercado com um crescimento de 13,8% no acumulado de Janeiro à Fevereiro de 2015, comparado com o mesmo período do ano passado. Os EUA estão em 2º lugar com as vendas em alta de 9,1% e o Japão em 3º lugar, iniciou o ano com uma queda significativa, a Índia subiu para 4ª posição, seguida pela Alemanha em 5ª e o Brasil, caiu para 6º com retração de 22,5% nas vendas.

Fonte: Balcão Automotivo.

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Tecnologia nos automóveis, bom e ruim.



A tecnologia da informação automotiva e toda a elétrica disponível nos carros de hoje, estão transformando-os quase em computadores ambulantes, ou tão tecnológicos quanto. Mas há um problema para processar todos os sistemas de processamento disponíveis em um carro e existem carros com mais de 80 sistemas eletrônicos diferentes.

Quando se fala em tecnologia nos automóveis ainda há muito medo em relação à segurança, é preocupante a invasão de intrusos que possam ter acesso aos sistemas do carro e pôr em risco a vida dos passageiros e dos pedestres usando o acesso ao controle do motor e dos freios por exemplo. Pensando nisso a Universidade Técnica de Munique, na Alemanha desenvolveu um sistema de “tecnologia da informação automotiva” que consiste em duas camadas que separam os sistemas que envolvem a segurança do veículo, dos sistemas que proporcionam a diversão e o acesso à internet. Se trata de uma nova rede, batizada de Barramento de Serviços Automotivos que funciona como um canal de mensagens onde todas as “funções de conforto” foram migradas para esta rede. Funciona assim, todos os componentes podem enviar e receber mensagens através deste canal e os sistemas essenciais para a segurança do veículo podem ser acessados no modo de leitura.


"Exatamente como os aplicativos em um telefone celular, os componentes [de software] podem ser atualizados, adicionados ou apagados sem necessidade de visitar uma oficina," disse o engenheiro Michael Schermann, coordenador da equipe. Após passar por testes, o sistema já recebeu certificação das autoridades da Alemanha.

quinta-feira, 12 de março de 2015

Atenção com a base de fixação do tensor (Motores FIAT 1.6 16v Correia CT879,comunicado Contitech)

Em seu tradicional Technical Info South America desse mês a Contineltal/ContiTech falou sobra problemas com a fixação do tensor em motores FIAT, e nós da Ponto Com Auto Peças disponibilizamos ele aqui.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

A obrigatoriedade e a importância do uso do Arla 32


A poluição gerada pelo Brasil preocupa, o país passou a poluir mais nos últimos anos pela queima de combustível fóssil (gasolina, óleo diesel, gás natural e carvão mineral) que gera altos índices de poluição atmosférica, que antes era atribuída em grande parte ao desmatamento e as emissões industriais. A poluição é um mal cada vez mais presente nas grandes cidades, principalmente nas que contém grandes frotas de veículos e indústrias incansáveis como São Paulo.