segunda-feira, 29 de junho de 2015

Sete anos de Lei Seca, veja alguns números de sua atuação

A Lei 11.705, instituída em 2008 e conhecida como Lei Seca, completa este mês 7 anos em vigor.

A Lei Seca foi criada com o intuito de promover a redução de acidentes provocados por motoristas alcoolizados. Em 2012 a mesma lei passou por algumas alterações e teve alguns aspectos endurecidos, como o aumento da multa, que foi de R$ 957,69 para R$ 1.915,38 e mais possibilidades de comprovar o teor alcoólico presente nos motoristas com o uso do bafômetro e exames de sangue.

Segundo o Ministério da Saúde, em 7 anos de Lei Seca, houve uma diminuição de 45% na frequência de adultos que dirigem após ingerir bebidas alcoólicas (dados da pesquisa Vigitel). Muitas pessoas julgam o alto rigor da lei, mas a maioria apoia devido aos números positivos apresentados nas cidades onde ela atua. De acordo com uma matéria do G1, no Distrito Federal, a Lei Seca ajudou a reduzir em 20,8% o número de mortes causadas por motoristas alcoolizados segundo dados do Detran. 

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Troca do extintor é adiada pela terceira vez. Descubra porquê.

Na quarta-feira (17) o Ministério das Cidades anunciou a prorrogação do prazo de obrigatoriedade do extintor veicular ABC para o dia 1º de outubro. O principal motivo foi o mesmo que gerou a prorrogação do prazo nas outras 2 vezes, a falta do mesmo no mercado.

O primeiro adiamento ocorreu no começo do ano, quando a multa para quem não tivesse efetuado a troca começaria a ser aplicada em 1º de janeiro, o que provocou uma corrida em busca dos extintores, mas nem todos conseguiram encontra-los. Por isso, no dia 7 do mesmo mês, a troca foi adiada para o dia 1º de abril, e em março, uma segunda resolução estendeu a troca para 1º de julho.

Assim que a lei entrar definitivamente em vigor, a fiscalização deverá punir a falta do extintor com multa de R$ 127,69 e 5 pontos na carteira.

Fonte: G1




segunda-feira, 15 de junho de 2015

União para amenizar a queda

Salão Auto Caixa pretende financiar a venda de 33 mil veículos


Associações e entidades como a Anfavea, associação que representa as montadoras, Fenabrave, que representa os distribuidores de veículos, Caixa Econômica Federal e o Banco Pan, firmaram um acordo para o 8º Salão Auto Caixa onde serão oferecidas condições especiais de financiamento. O evento acontece de 18 a 20 de junho, mas o prazo para o financiamento, vai do dia 15 a 03 de julho.

Com essa parceria espera-se que sejam vendidos pelo menos 33 mil automóveis, amenizando a crise que vem afetando o setor. A expectativa é que se gere R$ 1 bilhão em negócios, durante a feira, segundo cálculo da Anfavea, sendo que deste total, o Banco PAN estima que 80% dos contratos sejam de vendas de veículos novos e 20% de usados.

Fonte: Automotive Business

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Como funciona a nova lei para compra e venda de veículos?


   A nova lei 13.111 que entrou em vigor no mês passado estabelece em seu contexto, novas regras para compra e venda de veículos, sejam eles novos ou usados. Ficou estabelecido que todas as lojas ou concessionárias estarão obrigadas a disponibilizar uma ficha completa do veículo, contendo informações até sobre ocorrências de furtos, multas, dividas e financiamento.

 O contrato de compra e venda deve informar também, o valor de impostos que incidem sobre o veículo. Caso o negócio seja realizado entre pessoas físicas, não será necessário apresentar estas informações.

  Vale lembrar também que a loja deve arcar com custos e tributos eventuais como multas e taxas até o momento de aquisição do veículo e se depois da compra for constatado que o veículo é roubado, o vendedor deverá restituir o comprador no valor integral que foi pago pelo veículo.

Fonte: Quatro Rodas

segunda-feira, 1 de junho de 2015

10 carros classificação A em consumo de gasolina vendidos no Brasil


         Todos os anos o INMETRO divulga um ranking contendo uma tabela na qual consta a classificação de desempenho de cada carro em diversos segmentos. Neste teste foram avaliados 583 modelos de 36 montadoras diferentes. Usando esta tabela, preparamos uma lista com 10 carros classificados como "A" em consumo de gasolina que são comercializados no Brasil. 
Lembramos que a participação das montadoras no teste é voluntária e a Chevrolet não quis participar. Confira abaixo alguns carros da lista:

Para ver as lista completa do INMETRO, clique aqui