segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Volkswagen se envolve em escândalo e coloca sua reputação em risco

Uma grande fraude tornou-se o principal assunto a ser comentado pelo setor automotivo e industrial na última semana. Uma das maiores empresas do setor, a Volkswagen admitiu ter fraudado mais de 11 milhões de veículos.


A empresa alemã, admitiu ter usado um software para fraudar testes que detectavam a emissão de gases poluentes em seus veículos movidos à diesel, o assunto veio à tona através do governo dos Estados Unidos, que, por meio da EPA (Agência Ambiental Americana) denunciou que pelo menos 500 mil veículos haviam sido fraudados no país. A própria empresa, no entanto, admitiu que o software havia sido implantado em 11 milhões de carros que circulam no mundo todo, em modelos de várias marcas que pertencem ao grupo.

O reflexo deste acontecimento vai além da renúncia do até então presidente mundial da Volks, Martin Winterkorn, que aconteceu no dia 23 deste mês e da queda de quase 20% no valor das ações da empresa no pregão da bolsa de valores do dia 21/09. O que está em jogo pode mudar a realidade de uma empresa que era vista com bons olhos por muitos consumidores, a marca passa a ser a principal prejudicada.

A reputação de uma empresa é algo que demora muito a ser construída, existe muito trabalho de comunicação, marketing e valores que a empresa quer passar para o seu consumidor, porém, qualquer má pratica pode colocar todo este trabalho em risco e manchar a reputação de uma empresa por muito tempo ou quem sabe, para sempre.

O que fica desta experiência para a montadora alemã é o prejuízo de mais de 6 bilhões no reparo dos automóveis fraudados, uma reputação manchada, a queda nas ações, a renúncia do presidente e a vergonha de agir contra uma causa de importância mundial como é considerada o controle da emissão dos gases poluentes.

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

O jeito certo de armazenar autopeças no estoque

É muito importante ter um estoque bem organizado, com bastantes peças para que não falte nenhuma ao cliente, mas, é ainda mais importante que essas peças estejam armazenadas de forma correta. Não adianta nada ter a peça disponível se a mesma não estiver boa para ser utilizada.

Fora as recomendações de armazenagem feitas pelos fabricantes, existem outras formas de evitar que seu estoque de produtos seja danificado.

Organize o espaço
É muito bom ter um espaço adequado para gradar as peças, mas isso não é tudo. Você pode estar aproveitando pouco desse espaço, aprenda a otimiza-lo para facilitar o trabalho de quem manuseia esses produtos. Não apenas as prateleiras, mas os corredores de um estoque também devem ser bem pensados levando em consideração a facilidade de locomoção e transporte de produtos grandes ou pesados.

Identifique seu estoque
Já imaginou ficar perdido em seu próprio estoque? Mas isso acontece, principalmente quando este estoque é grande. Vale a pena investir mais em sinalização do espaço e em uma divisão de categoria de produtos. Isso ajuda a tornar a busca por um determinado produto mais prática, ágil e fácil. Economize tempo. 

Identifique suas peças
Para facilitar o controle de armazenamento e quantidade de peças em estoque é importante que um produto tenha alguns requisitos em seu cadastro: código, locação, quantidade, vencimento, etc...

Economize espaço
Um exemplo de economia de espaço: Armazene peças de carroceria penduradas ou separadas com divisórias verticalmente. A verticalização do estoque evita o desperdício de espaço, facilita a remoção das peças e diminui o risco de quedas.

Com essas dicas já fica muito mais fácil organizar o estoque e armazenamento de suas autopeças em sua loja, mas se você estiver com algum produto em falta neste estoque, fique a vontade para visitar nosso catálogo CLICANDO AQUI.

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Hipper Freios lança aplicativo para celular


Uma das maiores fabricantes de disco de freios, a Hipper Freios, lançou um aplicativo para celular visando oferecer à rede de distribuição soluções que facilitem sua rotina.

A ideia do aplicativo desenvolvido pela Hipper e disponível para Android e IOS era levar de forma rápida e prática, as informações dos produtos para os aplicadores. Surgindo assim o aplicativo para base móvel do catálogo da Hipper Freios.


Após instalado, o aplicativo não exige internet para que a consulta seja feita, podendo ser também no offline

O APP já está disponível para download no Google Play e AppStore.

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Transferência de veículos usados será simplificada


O RENAVE (Registro Nacional de Veículos em Estoque) com o objetivo de simplificar a venda de carros e garantir a segurança tanto de quem vende quando de quem compra o carro, vai acabar com o livro físico de registro e passará a fazer tudo eletronicamente registrando as entradas e saídas dos veículos em lojas ou revendas de usados direto em um sistema eletrônico. Este módulo deve estar disponível para utilização já me 2016 e estima-se que ele gere uma economia de R$ 6 bilhões para as empresas do ramo.

O lançamento aconteceu na semana passa em um evento promovido pelas principais associações do ramo automotivo como a ABAC, ANFAVEA, FENABRAVE e FENAUTO.
Para Gilberto Kassab, ex prefeito da cidade de São Paulo e atual ministro, um banco de dados virtual irá facilitar o acesso para todos os interessados além e combater a burocracia envolvida no processo. “Estamos eliminando os registros físicos e partindo para um registro único, eletrônico e que passa a ser feito no ato da venda. Além da facilidade, o sistema garante a segurança de quem está vendendo e das operações da empresa que está adquirindo o veículo”.

O RENAVE tem como principais funções o registro eletrônico do estoque das vendas, comunicado eletrônico da venda do automóvel, elimina a necessidade de se transferir a documentação do veículo para a revenda e garante ao ex dono do veículo que ele não será responsabilizado por multas ou ocorrências posteriores a entrega do veículo a revendedora.

Fonte: Truck Brasil